O concurso de queijos e produtos lácteos acontece no dia 16 de setembro no Hall de entrada do teatro, onde 1200 queijos serão julgados.

Regulamento (PDF). As inscrições estarão abertas a partir de 6 de junho

O presidente do Concurso de Queijos e Produtos Lácteos é Claude Maret, presidente da Fédération des Fromagers de France, parceira do Mundial do Queijo do Brasil. A comissária geral do concurso é Vanessa Alcolea, responsável técnica dos queijos da Pardinho Artesanal-SP e membro da SerTãoBras.

O concurso acontece em duas etapas. A primeira no Hall de entrada do Teatro B32, um espaço de 300 m2 vitrado com ampla visão para o exterior, onde serão outorgadas as medalhas super ouro, ouro, prata e bronze. Na segunda etapa, no auditório do teatro, o grupo seleto dos jurados supremos vai avaliar os queijos “super ouro” para escolher o melhor queijo do concurso.

Os jurados, brasileiros e estrangeiros, são experts reconhecidos pela sua atuação no mundo queijeiro e ou são profissionais formados pelos cursos de análise sensorial e comportamento de jurados dispensados pela SerTãoBras desde 2019 em parceria com a escola francesa Mons Formation. Estimamos 175 jurados.

Em 2019, foram julgados 955 queijos. Para a edição de 2022, o objetivo é bater este recorde e o espaço previsto pode receber 1200 queijos de formatos variados. Ao longo de 2022 outras formações acontecerão para reforçar o batalhão de jurados do concurso. Os queijos serão avaliados de forma anônima pela sua aparência exterior e interior, textura, aromas e sabores. O regulamento do concurso de queijos foi validado pela Guilde Internationale des Fromagers e pela Fédération des Fromagers de France.